Pesquisar neste blog

Carregando...

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

11 de set de 2013

Deus Ganesha

Feliz Dia de Ganesha! <br />No hinduísmo, Ganexa ou Ganesha ou "senhor dos obstáculos, Ele é o primeiro filho de Shiva e Parvati, e o esposo de Buddhi e Siddhi. Ele é chamado também de Vinayaka em Kannada, Malayalam e Marathi, Vinayagar e Pillayar (em tâmil), e Vinayakudu em Telugu. Ganesha é considerado o mestre do intelecto e da sabedoria. Ele é representado como uma divindade amarela ou vermelha, com uma grande barriga, quatro braços e a cabeça de elefante com uma única presa, montado em um rato. É habitualmente representado sentado, com uma perna levantada e curvada por cima da outra. Em geral, antepõe-se ao seu nome o título Hindu de respeito 'Shri' ou Sri.<br /><br />  Ganesha é o símbolo das soluções lógicas e deve ser interpretado como tal. Seu corpo é humano enquanto que a cabeça é de um elefante; ao mesmo tempo, seu transporte (vahana) é um rato. Desta forma Ganesha representa uma solução lógica para os problemas, ou "Destruidor de Obstáculos". Sua consorte é Buddhi (um sinônimo de mente) e ele é adorado junto de Lakshmi (a deusa da abundância) pelos mercadores e homens de negócio. A razão sendo a solução lógica para os problemas e a prosperidade são inseparáveis.<br />  O culto de Ganesha é amplamente difundido, mesmo fora da Índia. Seus devotos são chamados Ganapatyas.<br />Ganesha é o som primordial, OM, do qual todos os hinos nasceram. Quando Shakti (Energia) e Shiva (Matéria) se encontram, ambos o Som (Ganesha) e a Luz (Skanda) nascem. Ele representa o perfeito equilíbrio entre força e bondade, poder e beleza. Ele também simboliza as capacidades discriminativas que provê a habilidade de perceber a distinção entre verdade e ilusão, o real e o irreal.<br /><br />  De acordo às estritas regras da iconografia Hindu, as figuras de Ganesha com somente duas mãos são tabu. Por isso, as figuras de Ganesha são vistas habitualmente com quatro mãos que significam sua divindade. Algumas figuras podem ter seis, outras oito, algumas dez, algumas doze e outras catorze mãos, cada uma carregando um símbolo que difere dos símbolos nas outras mãos, havendo aproximadamente cinquenta e sete símbolos no total, segundo alguns estudiosos.<br />  A imagem de Ganesha é composta de quatro animais, homem, elefante, serpente e o rato. Eles contribuem para formar a imagem. Todos eles individual e coletivamente tem profunda significância simbólica.<br /><br />Retirado do Blog: Area das Bruxas.<br /><br />ADM. Adom.

No hinduísmo, Ganexa ou Ganesha ou "senhor dos obstáculos, Ele é o primeiro filho de Shiva e Parvati, e o esposo de Buddhi e Siddhi. Ele é chamado também de Vinayaka em Kannada, Malayalam e Marathi, Vinayagar e Pillayar (em tâmil), e Vinayakudu em Telugu. Ganesha é considerado o mestre do intelecto e da sabedoria. Ele é representado como uma divindade amarela ou vermelha, com uma grande barriga, quatro braços e a cabeça de elefante com uma única presa, montado em um rato. É habitualmente representado sentado, com uma perna levantada e curvada por cima da outra. Em geral, antepõe-se ao seu nome o título Hindu de respeito 'Shri' ou Sri.
Ganesha é o símbolo das soluções lógicas e deve ser interpretado como tal. Seu corpo é humano enquanto que a cabeça é de um elefante; ao mesmo tempo, seu transporte (vahana) é um rato. Desta forma Ganesha representa uma solução lógica para os problemas, ou "Destruidor de Obstáculos". Sua consorte é Buddhi (um sinônimo de mente) e ele é adorado junto de Lakshmi (a deusa da abundância) pelos mercadores e homens de negócio. A razão sendo a solução lógica para os problemas e a prosperidade são inseparáveis.
O culto de Ganesha é amplamente difundido, mesmo fora da Índia. Seus devotos são chamados Ganapatyas.
Ganesha é o som primordial, OM, do qual todos os hinos nasceram. Quando Shakti (Energia) e Shiva (Matéria) se encontram, ambos o Som (Ganesha) e a Luz (Skanda) nascem. Ele representa o perfeito equilíbrio entre força e bondade, poder e beleza. Ele também simboliza as capacidades discriminativas que provê a habilidade de perceber a distinção entre verdade e ilusão, o real e o irreal.
De acordo às estritas regras da iconografia Hindu, as figuras de Ganesha com somente duas mãos são tabu. Por isso, as figuras de Ganesha são vistas habitualmente com quatro mãos que significam sua divindade. Algumas figuras podem ter seis, outras oito, algumas dez, algumas doze e outras catorze mãos, cada uma carregando um símbolo que difere dos símbolos nas outras mãos, havendo aproximadamente cinquenta e sete símbolos no total, segundo alguns estudiosos.
A imagem de Ganesha é composta de quatro animais, homem, elefante, serpente e o rato. Eles contribuem para formar a imagem. Todos eles individual e coletivamente tem profunda significância simbólica.
Retirado do Blog: Area das Bruxas.

Obrigada: Jardim Secreto dos Deuses / facebook

13 de ago de 2013

Deusa Hécate

Saudação Hecate...!!!
Meu amor
que queima,
desaparecendo desejos
no fogo sagrado de tua fogueira...
E ainda que todo seja um sonho
devora-me completa
nas chamas
do teu eterno amor...
Na paz, no Amor y na Luz... sempre.


13-08,  Dia de Hécate

Nesta noite alie-se à Hécate para combater os obstáculos:
Escolha um anel de prata, consagre-o, pense em todos os obstáculos que deseja eliminar.
Use o anel até que todos estejam vencidos.
Ritual do Dia: Abrindo os Caminhos: Reverencie essa poderosa Deusa pedindo-lhe que a ajude a transmutar as sombras do passado, facilitar e guiar suas escolhas no presente e iluminar seu caminho no futuro.

Na Grécia, celebração da deusa tricéfala Hécate. Deusa da lua minguante, guardiã das encruzilhadas, senhora dos mortos e rainha da noite, Hécate era homenageada com procissões, em que se carregavam tochas e oferendas, as chamadas “ceias de Hécate”. Como uma deusa “escura”.
Hécate tinha o poder de afastar os espíritos maléficos, encaminhar as almas e usar sua magia para a regeneração. Invocava-se sua ajuda nesse dia para afastar as tempestades que poderiam prejudicar as colheitas.

fonte: teiadethea

fonte e agradecimentos: Orgulho de ser Pagão / facebook

18 de jun de 2013

Deusa Cerridwen

CERRIDWEN (Deusa da Fertilidade)


Para os galeses, Cerridwen é uma Deusa Tríplice (donzela, mãe e mulher idosa), cujo animal totêmico é uma grande porca branca. Ela é a mãe que conserva todos os poderes da sabedoria e do conhecimento. Ela é a Deusa que devemos reverenciar nos momentos de dificuldades e anulação de qualquer tipo de malefício. Ela é a Deusa do caos e da paz, da harmonia e da desarmonia.
Associa-se a morte, a fertilidade, a inspiração, a astrologia, as ervas, os encantamentos, o conhecimento.
A mulher de escorpião, do mesmo modo que sua Deusa regente, nunca se enquadra no meio termo: podem ser refinadas ou não. Tendem também a serem apaixonadas por tudo que fazem e possuem um forte espírito de liderança.
Com Cerridwen como aliada, as nativas de escorpião fazem e acontecem, portanto use seu potencial para dar continuidade aos seus projetos de vida que já estão em andamento.


Joias: ouro e prata
Cor da roupa: vermelha, preta ou branca.
Óleos: Poção do amor, sangue do dragão, almíscar, patchulli.
Ervas: damiana, dedaleira, lúpulo, trigo
Pedras: obsidiana, quartzo claro, turmalina preta.
Ritual de proteção: Toda as terças-feiras use uma peça do vestuário na cor vermelha.

fonte: Recanto das Bruxas / facebook

30 de abr de 2013

DEUSA CAILLEACH

Cailleach é a Anciã ancestral da Escócia, também conhecida como a Carline ou Mag-Moullach, representado o aspecto de velha da Deusa no ciclo anual.
Esta ligada às trevas e ao frio do inverno e assumiu a direção no ciclo das estações em Samhaim.
Ela porta um bastão negro do inverno e castigava a terra com frias forças contrativas que ressecavam a vegetação. Com a aproximação do fim do inverno, ela passava o bastão do poder para Brigid, em cujas mãos ele se tornava branco que estimulava a germinação das sementes plantadas na terra negra. As forças expansivas da natureza começavam então a se manifestar. (gancho com Imbolc)
Por vezes, essas duas deusas eram retratadas em batalha pelo controle da natureza: dizia-se até que Cailleach aprisionava Brigid sob as montanhas no inverno. Mas o melhor modo de vê-las é como duas facetas de uma deusa tríplice das estações: a Velha Cailleach do Inverno, a Donzela Brigid da Primavera e a Deusa-Mãe do viço do Verão e da frutificação do Outono. O nome do último membro dessa trindade não foi preservado na lenda folclórica com o mesmo cuidado. Talvez porque ela representava uma faceta demasiado pagã da Deusa, vinculada demais com a fecundidade e com as forças sexuais da vida.
Para os escoceses, Cailleach era aquela que cujo bastão negro, separava as montanhas, mudava a paisagem, previa o crescimento das ervas e comandava o tempo. Ficou conhecida também, como "Mulher de Pedra", porque era vista andando e carregando uma cesta cheia de pedras. Ocasionalmente deixava cair algumas, formando círculos de pedras. As montanhas também teriam sido criadas por pedras que a Deusa deixou cair da cesta.
Cailleach representava a terra coberta de neve e geada. Era uma Deusa da Transformação e guardiã da semente, que conserva dentro de si a força essencial da vida.

Enviado por Gaya

15 de abr de 2013

A semana de 15 a 21 de abril de 2013

por Vanessa Tuleski

Saiba qual vai ser o tom geral da semana, conhecendo os principais contatos que os planetas farão entre si. Acompanhe o dia a dia com a Lua, o astro mais rápido na astrologia, ficando cerca de dois dias em um determinado signo e influenciando diretamente o humor das pessoas. Os horários mencionados corresponderão ao horário de Brasília, ou seja, de três horas a menos do que em Greenwich.

Tom geral da Semana

Na segunda feira, Vênus ingressa em Touro, ficando neste signo até 9 de maio. A temática financeira, regida por este planeta, ganha relevância, tanto para ganhar quanto gastar e até mesmo desfrutar. As compras tendem a ser feitas com um olho mais clínico, seja para a qualidade ou para o aspecto estético, sendo esta também uma ótima época para realizar investimentos de maior porte e também cuidar da aparência! Os relacionamentos, igualmente influenciados por este planeta, tendem a ficar mais estáveis. Carinho, lealdade e afeto farão muita diferença! No que se refere ao amor, para solteiros e comprometidos, continue a leitura em http://www.personare.com.br/venus-em-touro-amor-estavel-e-sensual-m3087 .

Até a metade da semana, o Sol estará conjunto a Marte. Esta combinação traz energia, pique e iniciativa, eleva o desejo, mas também propicia um certo grau de irritabilidade, brusquidão e impaciência. Será preciso autocontrole para evitar reações desnecessariamente rudes. 

Da metade da semana em diante, Mercúrio fica conjunto a Urano, mas quadra Plutão. Ideias inovadoras, criativas. Por outro lado, o pensamento e a comunicação também poderão se tornar mais radicais. Pense bem antes de falar de maneira impulsiva e/ou destrutiva, a fim de evitar conflitos. Aparelhos e trânsito estarão mais sujeitos a panes e falhas. Também cuide com pensamentos muito ácidos e suspeitosos, embora talvez possa entender/descobrir coisas importantes, enxergando muito além da superfície.

De terça a sábado, Vênus estará em sextil com Netuno. Apesar das tensões, que poderão levar a radicalismo nas opiniões e posições e este aspecto mostrará o lado das pessoas mais desejoso de entendimento e relevar o que não seja importante.  No amor, sonhos, encaixe e romantismo. Conciliações também mais possíveis.  

Além de Vênus, mais dois planetas ingressam em Touro nesta semana: o Sol e Marte sendo que este segundo ficará neste signo até 31 de maio. A ênfase em Touro trará mais busca por estabilidade e segurança e motivação mais evidente pelos aspectos materiais da vida, que implicam em ganhar, gastar e desfrutar do dinheiro. Destaque para a sensualidade e prazer, mas maior dificuldade em mudar hábitos e também controlar gula e gastos. 

A partir do final de semana, Vênus em oposição com Saturno pode trazer algum tipo de obstáculo para a vida social ou para a integração entre as pessoas. Alguns poderão vivenciar sensação de carência ou isolamento, ou é possível que trabalho e preocupações interfiram um pouco na ideia de lazer.

A quadratura de Urano com Plutão, que estará presente nos próximos dois anos, estará particularmente ativa de meados de abril e ao longo de maio. É ela quem está por detrás do acirramento de posições e conflitos, mudanças climáticas mais frequentes e intensas e transformações que vêm levando aquilo que se conhecia como sendo estável para novas formas e várias figuras de autoridade atuando de maneira autoritária, sem muita consulta, ao estilo “doa a quem doer”. Na vida pessoal, algumas pessoas poderão se sentir mais pressionadas e em crise naqueles pontos em que suas vidas não vão bem. Para algumas, será necessário um pouco de calma e discernimento para não haver exagero e descontrole. Neste caso, um bom conselheiro, que puxe pelo bom senso, poderá ser de grande valia!

A Lua dia após dia

Segunda (15 de abril)  – LFC entre 16h41 e 23h48

A Lua em GÊMEOS faz com que as comunicações fluam de maneira  mais rápida e natural.

Entre 11h00 e 21h00, alta vitalidade! À noite, relacionamentos e contatos favorecidos.

Terça (16 de abril)

A Lua em CÂNCER torna-se propícia para atenção a vida pessoal e família.
Pela manhã, trânsito e comunicações poderão estar mais confusos. A partir das 15h00, agitação e chance de imprevistos diante dos quais será necessário tentar buscar estabilidade. À noite, potencial para crise ou intensidade.

Quarta (17 de abril)

Prossegue a Lua canceriana, que traz mais emotividade e necessidade de conexão.

Quinta (18 de abril) – LFC entre 9h30 e 12h11 – FASE LUNAR CRESCENTE

A Lua ingressa em LEÃO a partir das 12h11, deixando as pessoas mais extrovertidas. Hobbies e assuntos amorosos terão maior destaque.

Dia sujeito a tensões, com chance de desajuste e irritabilidade pela manhã. Maior carência e/ou indulgência a partir das 17h00. No final da noite, plano mental em maio equilíbrio. 

Início da fase lunar crescente, pedindo mais proatividade, com um aumento das exigências e desafios.
Sexta (19 de abril) – LFC entre 18h06 e 22h06 de sábado

O início da manhã poderá ser um pouco mais lento e emperrado, mas depois as coisas poderão fluir. Entre 14h00 e 22h00, abertura e otimismo!

Sábado (20 de abril)

Noite com pique e vitalidade!

A partir das 22h06, a Lua já em VIRGEM traz mais discernimento e atenção aos detalhes.

Domingo (21 de abril)

Manhã ótima para relaxar ou dormir até tarde. Entre 12h30 e 23h00, mais propício para se relacionar e maior poder de recuperação.      

texto vem daqui: http://vanessatuleski.com.br/v2/astrologia-e-para-usar/ceu-da-semana/a-semana-de-15-a-21-de-abril-de-2013/

11 de abr de 2013

A semana de 8 a 15 de abril de 2013

por Vanessa Tuleski

Saiba qual vai ser o tom geral da semana, conhecendo os principais contatos que os planetas farão entre si. Acompanhe o dia a dia com a Lua, o astro mais rápido na astrologia, ficando cerca de dois dias em um determinado signo e influenciando diretamente o humor das pessoas. Os horários mencionados corresponderão ao horário de Brasília, ou seja, de três horas a menos do que em Greenwich.

Tom geral da Semana

Sol, Vênus e Marte caminham conjuntos em Áries. Do lado positivo, esta combinação assinala maior poder de atração e sedução, energia, sensualidade, garra e vontade. Estimula começos e desejos pessoais. Hora de pensar em si mesmo. Ótimo para a prática de atividade física, que aumentará a disposição e a autoconfiança!  Facilidade em tomar decisões. Do lado negativo, será preciso controlar o comportamento para evitar falta de tato e menor paciência. Antes de ter reações explosivas, conte até dez ou pense em uma maneira mais efetiva de ser assertivo.

No sábado, Mercúrio ingressa em Áries, ficando neste signo até 1º de maio.  Este posicionamento irá trazer mais agilidade e entusiasmo na forma pensar e trabalhar.  Será preciso atentar, porém, para agitação mental, sobretudo à noite, podendo causar insônia.  

Saturno em sextil com Plutão ao longo de abril é um aspecto favorável para recuperar: saúde, relacionamentos, forma física, tempo perdido, etc. Se tem algo importante que você deseja recuperar, invista nisso! Positivo para focar e persistir. 

A Lua dia após dia

Segunda (8 de abril)  – LFC entre 1h11 e 16h01

A Lua em PEIXES traz flexibilidade. Às 16h01, ela passa para o signo de ÁRIES, favorecendo as ações individuais, ser mais independente, tomar decisões e agilizar assuntos. 

Terça (9 de abril)

Até 12h30, maior agitação. Entre 9h30 e 17h30, maior intensidade, por isto será melhor evitar atitudes que possam soar como sendo provocativas. À noite, expansividade. 

Quarta (10 de abril) – LFC entre 13h25 e 0h21 – FASE LUNAR NOVA

Entre 9h00 e 17h30, maior desejo por gratificação, impulsividade e doses de energia.

Início da fase lunar nova, perfeita para começos, novas atitudes, impulsos, ideias e também para cuidar de si mesmo e das próprias necessidades.

Quinta (11 de abril)

A Lua em TOURO combina praticidade, estabilidade e melhor expressão afetiva.

Até 13h00, maior harmonia. Entre 15h00 e 22h30, propício para maior seletividade e foco.  À noite, motivação e possibilidade de recuperação de desgastes (energéticos, emocionais etc.).

Sexta (12 de abril)

Prossegue a Lua taurina, com sua motivação por conforto e segurança.

Sábado (13 de abril) – LFC entre 9h31 e 11h12

A Lua ingressa em GÊMEOS às 11h12, favorecendo um final de semana comunicativo e a procura por estímulos e novidades.

Até 14h00, ótimo para comunicações e ideias. Das 16h30 em diante, possibilidade de atrasos e também de maior sensibilidade ou falta de foco.  

Domingo (14 de abril)

Manhã estimulante e com maior criatividade. Entre 12h00 e 20h00, expansividade.  

texto vem daqui: http://vanessatuleski.com.br/v2/astrologia-e-para-usar/ceu-da-semana/a-semana-de-8-a-15-de-abril-de-2013/

3 de abr de 2013

Deusa Brighid

Chame a Deusa Brigid na sua qualidade de protetora com esta simples oração, que pode ser repetida diariamente:

Brigid, Deusa vitoriosa da luz,
Cubra-me com teu manto sagrado,
Vigie-me sempre com teus olhos,
Proteja-me com teu cajado,
De manhã e até anoitecer,
Por onde eu andar ou estiver,
De dia ou de noite, que eu seja sempre protegida,
Honrada, acolhida e favorecida,
Brigid, Deusa poderosa e protetora,
Fique ao meu lado e seja a minha companheira,
Minha conselheira, guardiã e defensora!

A Naoimh Bhrid Gui Orainn
(pronuncia-se A Nem Brid Gui Orin que significa “Santa Brigid ore por nós”!)

fonte: Recanto das Bruxas / facebook

21 de dez de 2012

Deuses Brasileiros

Não conheço a autoria

Deuses brasileiros.

Sabemos tanto dos outros deuses (gregos, egípcios e romanos) que tenho até vergonha de dizer que muitos de nós ainda desconhecem alguns desses deuses da nossa cultura.

Tupã é o autor do trovão e dos relâmpagos, sendo o criador do raio, tal onipresença celeste confere a este um poder significativo na mitologia Tupinambá.

JACI, a formosa deusa Jaci, a Lua, a Rainha da Noite que traz suavidade e encanto para a vida dos homens.
No início de todas as coisas, Tupã criou o infinito cheio de beleza e perfeição. Povoou de seres luminosos o vasto céu e as alturas celestes, onde está seu reino. Criou então, a formosa deusa Jaci, a Lua, para ser a Rainha da Noite e trazer suavidade e encanto para a vida dos homens. Mais tarde, ele mesmo sucumbe ao seu feitiço e a toma como esposa. Jaci era irmã de Iara, a deusa dos lagos serenos.

Guaraci ou Quaraci na mitologia tupi-guarani é a representação ou deidade do Sol, às vezes compreendido como aquele que dá a vida e criador de todos os seres vivos, tal qual o sol é importante nos processos biológicos. Também conhecido como Coaraci. É identificado com o deus hindu Brahma e com o egípcio Osíris.

Yorixiriamori - Esse deus deixava as mulheres encantadas com seu canto,o que despertou a inveja nos homens,que tentaram matá-lo. O deus fugiu sob a forma de um pássaro. É um personagem do mito “A Árvore Cantante”, dos Ianomâmis. Essa árvore desapareceu depois da fuga da divindade.

Anhangá - Deus do inferno e inimigo de Tupã. Pode se transformar em vários animais, e quando aparece para alguém é sinal de má-sorte.

Ceuci - Deusa protetora das lavouras e das moradias, seu filho Jurupari, mesmo nome de um peixe brasileiro, nasceu do fruto da Cucura-purumã, árvore que simboliza o bem e o mal na mitologia Tupi-guarani.

Akuanduba - Divindade dos índios araras, tocava a sua flauta para por ordem no mundo.

Wanadi - Deus dos iecuanas, ele criou três seres para gerarem o mundo. Os dois primeiros cometeram um erro, e criaram uma criatura defeituosa,que representa os males do mundo. O terceiro concluiu o ato da criação.

Yebá Bëló - Conhecida também como “A mulher que apareceu do nada”, é uma divindade do mito de criação dos índios dessanas. Segundo eles,os seres humanos surgiram das folhas de coca (ipadu), que ela mascava.